Foto: Breno Lobato
Foto: Breno Lobato
Embrapa
Home
Balanço 2016
Destaques
Delimitação Matopiba
Novos maracujás
Manga de exportação
Manejo do açaizeiro
Batata doce BRS Amélia
Forrageira BRS Estribo
Estradas de Araucárias
Rota do Cordeiro
Impactos
Base de Ações Sociais
Prêmios
A Embrapa no Brasil
SAC

Novas cultivares de maracujá são mais
saborosas e geram emprego e renda no campo

O Brasil é o maior produtor e consumidor mundial de maracujá, com produção anual próxima de 700 mil toneladas. Essa cultura encontra viabilidade econômica e financeira em pequenas áreas, tornando-se atrativa para o agricultor familiar atingir a profissionalização, enquanto seu consumo, in natura ou industrializado, já está integrado na dieta do brasileiro, além das demandas dos ramos farmacêutico, plantas ornamentais, e cosméticos. No entanto sua produtividade no Brasil é considerada baixa, em torno de 14 toneladas por hectare. Para viabilizar o agronegócio do maracujá, a Embrapa Cerrados desenvolveu, nos últimos anos, novas cultivares híbridas de alta produtividade, alta qualidade física e química de frutos e maior tolerância a doenças. Entre essas cultivares estão os híbridos de maracujazeiro BRS Gigante Amarelo e BRS Sol do Cerrado. Suas produtividades nas condições do Cerrado têm superado as 40 toneladas por hectare por ano em pomares adequadamente manejados, além de poderem ser cultivadas, praticamente, em todos os Estados e regiões do Brasil. Segundo dados da Embrapa Produtos e Mercado, desde seu lançamento, a partir de 2008, estima-se que o cultivo desses híbridos tenha envolvido uma área de oito mil hectares, correspondentes a 15% da área nacional cultivada de maracujá. Somente em 2016 foram plantados aproximadamente 2.400 hectares, beneficiando agricultores em 590 propriedades, o que gerou cerca de cinco mil empregos diretos e 10 mil indiretos, além de render 400 milhões de reais no mercado atacadista.

Mais informações:
https://www.embrapa.br/produtos-e-mercado/maracuja


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Secretaria de Gestão e Desenvolvimento Institucional
Secretaria de Comunicação

Parque Estação Biológica - PqEB s/n°.
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041