Foto: Liliane Castelões
Produtores de sementes de Uberaba-MG avaliando a BRS 7380RR. Foto: Liliane Castelões.
Embrapa
Home
Balanço 2017
Destaques
Soja resistente
Tomate Zamir
Carne bonificada
Cogumelos no Brasil
Trigo do Cerrado
Downloads de publicações
Programa Prosa Rural
Impactos
Base de Ações Sociais
Prêmios
Balanços anos anteriores
A Embrapa no Brasil
Criticas e Sugestões
SAC

Nova soja da Embrapa recupera áreas
abandonadas por infestação de nematoides

O produtor brasileiro de soja enfrenta várias pragas no seu dia a dia. Entre elas estão os nematoides, vermes que vivem no solo e levam os agricultores a abandonarem áreas inteiras por estarem infestadas por eles. Soma-se ainda que os produtos químicos utilizados no seu combate, os nematicidas, além de muito caros, são muito agressivos ao meio ambiente, não oferecem soluções definitivas para o problema e precisam ser utilizados continuamente, a cada safra. Este problema foi resolvido por uma parceria entre a Fundação Cerrados e Embrapa: a cultivar BRS 7380RR resistente aos principais nematoides de solos do país: de cisto, das galhas e das lesões radiculares. Sojicultores de Goiás e Mato Grosso, responsáveis por 40% da soja nacional, que haviam abandonado mais de 200 mil hectares, voltaram a produzir. Desta forma, a pesquisa agropecuária brasileira volta a ser relevante num mercado que nos últimos anos havia sido dominado pela genética importada. A BRS 7380RR diminui naturalmente a quantidade desses organismos no solo e sua precocidade permite ao produtor plantar outras culturas em sucessão, tais como milho, trigo, sorgo, girassol e também pastagens, obtendo produtividades que seriam impossíveis se o solo estivesse infestado pelos nematoides. Nesta mesma linha de redução de agroquímicos, a Embrapa já colocou no mercado as cultivares BRS 7280RR, BRS6680 e BRS511, resistentes à ferrugem asiática, que vem a ser hoje a principal doença da cultura da soja no Brasil.

Mais informações:
Soja Resistente a Nematoides


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Secretaria de Desenvolvimento Institucional

Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433