Educação e Capacitação Profissional Externas

Em 1998, as Instituições de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário destinaram R$ 5.464.355,80 para atividades ligadas à Educação e à Capacitação, no campo e na cidade.


Programa moderniza a transferência de tecnologia

Para fazer chegar, com mais rapidez e eficiência, aos clientes e usuários, os resultados da pesquisa agropecuária, em 1998 a Embrapa lançou o Programa de Fortalecimento e Modernização dos Processos de Transferência de Tecnologia, a partir do qual ela está adotando novos mecanismos de transferência de tecnologia, serviços e produtos. O objetivo é ficar mais perto do produtor e dos segmentos envolvidos na cadeia produtiva do setor agropecuário, oferecendo alternativas para maior competitividade do agronegócio brasileiro.


Informação Tecnológica em Rede

Uma iniciativa do Programa é a Rede Embrapa de Informação Tecnológica (REIT), que oferecerá acesso a um escritório virtual de assistência técnica e planejamento rural. A Emater-MG foi um dos primeiros parceiros nessa iniciativa.


Dia-de-campo na TV

Uma nova estratégia de transferência de tecnologia – dia-de-campo na TV – foi lançada, fazendo chegar a milhares de produtores rurais, por processo ágil, informações qualificadas sobre os resultados da pesquisa. Nesse novo formato, o dia-de-campo pode ser captado por antena parabólica, em qualquer local do País. Em 1998 foram realizados quatro eventos.


Parceria com veículos de comunicação

Convênios foram criados com o Agrocast, da Agência Estado, o Canal Rural, da RBS, e a TV Educativa, para aproveitar o potencial dos modernos meios de comunicação e repassar, seja por intermédio de rede de computadores, em tempo real, seja por programas diários de televisão, as recomendações técnicas e informações didáticas sobre agricultura e meio ambiente.


Realizados 687 dias-de-campo

Paralelamente ao esforço de modernização dos meios de comunicação e transferência de tecnologia, a Embrapa prosseguiu no esforço de ampliar suas ações, realizando 687 dias-de-campo, participando em 342 exposições e em feiras nacionais e internacionais, apresentando 3.783 palestras aos mais diversos segmentos de clientes da pesquisa, instalando 1.748 unidades demonstrativas e distribuindo, gratuitamente, amostras de produtos da pesquisa.


Publicações e vídeos chegam ao outro lado do mundo

A Embrapa Comunicação para Transferência de Tecnologia publicou 25 novos títulos, em parceria com instituições do Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária (SNPA) e privadas, atingindo 71.000 exemplares. Foram editados quatro livros eletrônicos, dez vídeos educativos e um vídeo técnico. Além disso, ela apoiou quatro dias-de-campo na TV e 12 vídeos institucionais, exibidos pela IPC-TV aos nipo-brasileiros residentes no Japão, visando ao fomento e à divulgação de oportunidades de investimentos no Brasil, para negócios em agropecuária.


Livro recebe Prêmio Jabuti

O livro "Fruteiras da Amazônia", editado pela Embrapa em parceria com a Antarctica, recebeu o Prêmio Jabuti 1998, conferido pela Câmara Brasileira do Livro, na categoria Ciências Naturais.


Mais de 20 mil horas de cursos

A Embrapa ofereceu 20.713 horas de cursos para vários públicos. Em apoio ao Plano de Safra do MA, ela realizou, em diversos municípios, cursos em parceria com outras instituições públicas e privadas, divulgando tecnologias recomendadas pela pesquisa e medidas complementares do Governo Federal, para expansão e modernização do setor agrícola na safra 1998/99.


Cursos ensinam a cultivar hortaliças

A Embrapa Hortaliças realizou dois cursos internacionais sobre o cultivo de hortaliças, para 42 participantes de diversos países, e dez cursos nacionais, com a participação de 489 pessoas.


Bombeiros são treinados para conter animais

Em São Carlos (SP), a Embrapa Pecuária Sudeste treinou bombeiros e policiais militares para a contenção farmacológica de animais, utilizando dardos, em substituição à armas de fogo, que ocasionam ferimentos e até a morte dos animais.


Internet é ferramenta de ensino

Em Campinas (SP), a transferência de tecnologia passou a ser feita utilizando os recursos e serviços de multimídia da Internet. A Embrapa Informática Agropecuária realizou dois cursos virtuais sobre a ferramenta Utilis - para montagem de bancos de dados via Internet -, e sobre Uso e Manejo de Irrigação, em parceria com a Esalq, o Instituto de Computação da Unicamp e Senar. Foram treinados 65 técnicos, nos dois eventos.


Produtores de leite unem-se em consórcios

Em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento de Juiz de Fora, o Sindicato Rural de Juiz de Fora, Instituto Mineiro de Agricultura, Instituto de Laticínios Cândido Tostes, a Epamig, Emater-MG e TV Panorama, a Embrapa Gado de Leite desenvolveu o Programa Proleite, que beneficiou 89 pequenos produtores de cinco comunidades do Município de Juiz de Fora (MG), e realizou 259 análises laboratoriais do solo e do leite. Por meio de cursos de transferência de tecnologias, os produtores alcançaram uma produção média diária de 5.400 litros de leite. Os produtores de cada comunidade unem-se em consórcios e se responsabilizam pela qualidade, comercialização e industrialização do leite.


Cursos para produção de leite e derivados

A Epamig realizou, para 160 alunos, o curso médio profissionalizante na área de leite e derivados, além de cursos de curta duração, de inspeção de leite, tecnologia de queijos finos e convencionais, iogurte e bebidas lácteas, que contaram com a participação de 354 pessoas. Técnicos de nível médio foram capacitados em agropecuária, em curso que contou com 150 alunos, e 50 técnicos de cooperativas participaram dos treinamentos de curta duração sobre administração rural. As diversas unidades da Epamig promoveram cursos em cultivo e produção de palmito, cafeicultura, irrigação, bananicultura e fruticultura, beneficiando diretamente 1.500 produtores rurais.


Jovens produzem 200.000 mudas

A Pesagro-Rio, em parceria com o MA, a Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, Emater-Rio e Prefeitura Municipal de Macaé, treinou 100 produtores e 75 adolescentes na atividade de produção de mudas. Foram produzidas 200.000 mudas de hortaliças, doadas a 52 produtores e a hortas de escolas municipais do município.


Projeto capacita 10.887 famílias

O Projeto Promoção Social, desenvolvido pela Emater-GO, transferiu, a 10.887 famílias e 2.657 jovens rurais de 186 municípios goianos, conhecimentos tecnológicos sobre produção, preparo e processamento de alimentos, educação sanitária, saneamento ambiental, prevenção de doenças, formação de horto de plantas medicinais, estruturação de grupos formais e informais, e práticas de educação alimentar, sanitária e agropecuária nas escolas. A iniciativa teve parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Estadual de Educação, Associação de Combate ao Câncer, prefeituras municipais, associações de produtores rurais, sindicatos rurais, Fetaeg, Faeg, o Senar, Idago, ONGs e a Universidade Federal de Goiás.


Agricultores potiguares têm treinamento

O Programa de Profissionalização das Comunidades Rurais do Rio Grande do Norte em Produção Animal, Fruticultura e Oleaginosas, realizado pela Emparn, capacitou 2.600 pequenos e médios produtores e assentados, nas áreas de aves caipiras, piscicultura, derivados de leite, irrigação, camarão marinho, enxertia de cajueiros, inseminação artificial, fenação, ensilagem e mosca branca. Os 82 cursos foram realizados em parceria com a Embrapa, Emater-RN, o Senar, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, prefeituras, secretarias municipais de agricultura, associações e cooperativas.


Paraná realiza 100 cursos e seminários

O Iapar promoveu 100 eventos, entre cursos, seminários e treinamentos formais, contribuindo diretamente para o aperfeiçoamento técnico ou gerencial de mais de 5.500 pessoas.


Estudantes aprendem sobre a "Amiga Embrapa"

Estudantes e professores do 1º e do 2º graus receberam, por meio de palestras, informações sobre os trabalhos desenvolvidos pelas Instituições de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário do Brasil, e sua importância na formação da dieta alimentar dos brasileiros. Em Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Goiânia (GO) e Brasília (DF), o Programa Embrapa e Escola promoveu palestras para 21.474 alunos de 42 escolas. Foi produzida e distribuída uma cartilha para os estudantes: "Uma amiga chamada Embrapa".


Escola na Fazenda Nhumirim

Parceria com a Prefeitura Municipal de Corumbá (MS) permitiu criar uma Escola Rural para 20 alunos, filhos dos empregados da Embrapa Pantanal, que residem na Fazenda Experimental Nhumirim, e de moradores das fazendas vizinhas. As enormes distâncias do Pantanal - a Nhumirim fica a 100 quilômetros de Corumbá -, tornaram essa escola a única opção para as crianças cursarem o 1º grau. A Embrapa Pantanal também coordena projetos de Educação Ambiental, para 415 estudantes e professores da região pantaneira de Corumbá e Ladário.


Biotecnologia na escola

No Distrito Federal, a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e a Emater de Planaltina, estão divulgando atividades da pesquisa de recursos genéticos, biotecnologia agropecuária e controle biológico. Os estudantes da Escola Classe Osório Bachin, localizada no Jardim Morumbi (área rural de Planaltina), e toda a comunidade, foram os primeiros beneficiados. O trabalho pretende alcançar 100% das escolas do DF e entorno, iniciando pelas rurais.


Professores treinados em educação agroambiental

Em Campinas (SP), 80 professores de 34 escolas da rede pública de ensino de 1º e 2º graus realizaram dois cursos de capacitação em Educação Agroambiental, realizados pela Embrapa Meio Ambiente em parceria com a Delegacia de Ensino de Sumaré, 4ª Delegacia de Ensino de Campinas e a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral.


Feiras de Ciências mostram novas tecnologias

Em Aracaju (SE), a Embrapa Tabuleiros Costeiros possibilitou maior acesso dos estudantes aos avanços da pesquisa, divulgou as tecnologias desenvolvidas pela empresa em feiras de ciências, e promoveu visitas de estudantes de 1º e 2º graus ao Centro de Pesquisa. Entre alunos, professores, pais de alunos e outros visitantes, as 12 feiras de ciências, realizadas em 1998, receberam 12.000 participantes.


Embrapa promove mostra Ciência para a Vida

Uma oportunidade para a sociedade conhecer os resultados que a pesquisa trouxe para o dia a dia de cada cidadão foi a mostra "Ciência para a Vida - I Encontro Internacional de Instituições de Pesquisa Agropecuária", realizada em Brasília, no período de 20 a 29 de maio. Ao lado das Instituições de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário, a exposição reuniu empresas públicas e privadas, do Brasil e de outros países da América Latina e do Caribe. Foi registrado um total de 25.000 visitantes. Houve ainda 23 cursos e 60 palestras dirigidas a 1.570 participantes.


Estudantes aprendem sobre a Internet

Cerca de 900 estudantes de 7ª e 8ª séries de escolas estaduais e municipais do Distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP), por meio do projeto "Minha Escola na Embrapa Informática Agropecuária", tiveram a oportunidade de entrar em contato com a Internet e suas potencialidades. O trabalho teve parceria da Unicamp e foi direcionado para alunos carentes. Sua premissa básica é valorizar o estudante na comunidade e, por consequência, aumentar sua auto-estima e as perspectivas profissionais.


Máquinas para a agricultura familiar

A Embrapa Clima Temperado, em parceria com a Emater-RS, Emater-PR, Epagri, o Iapar, a Fepagro, Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e Secretaria de Desenvolvimento Rural do Ministério da Agricultura, promoveu, entre 21 e 22 de agosto de 1998, o I Encontro Sul-Brasileiro de Máquinas para Agricultura Familiar. Compareceram 7.000 pessoas, que participaram da exposição de 147 inventos, 50 expositores de máquinas e 17 empresas de máquinas agrícolas de médio porte, além do artesanato de 48 municípios gaúchos. Desse encontro resultou a criação de um programa de mecanização agrícola para a agricultura familiar.


Encontro discute plantio direto na pequena propriedade

No período de 19 a 22 de outubro, em conjunto com o Cefet-PR, a Seab-PR, Febrapdp, Emater-PR, Prefeitura Municipal de Pato Branco (PR) e Associação de Engenheiros Agrônomos de Pato Branco, o Iapar promoveu o III Encontro Latino-americano sobre Plantio Direto na Pequena Propriedade. Estiveram presentes 1016 participantes dos Estados do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, além de outros estados brasileiros, do Paraguai, da Argentina, da Costa Rica e do México.


Sumário:

Agricultura Familiar
Reforma Agrária
Apoio Comunitário
Apoio a Comunidades Indígenas
Segurança Alimentar
Meio Ambiente e Educação Ambiental
Educação e Capacitação Profissional Externas
Educação e Capacitação Profissional Internas
Saúde, Segurança e Medicina do Trabalho
Impacto das Principais Tecnologias Desenvolvidas e Transferidas à Sociedade
Demonstrativos do Balanço Social (Embrapa - Emater-GO - Epamig - Emparn - Epagri)

 


Copyright © Embrapa. Todos os direitos reservados.